Desde 2004
A pioneira em revalidação de diplomas de medicina no Brasil.

Atendimento ao Cliente
Tel. (67) 99937 5532

 

UFMT - lista dos inscritos na segunda fase, alterações edital

Para acessar a lista dos inscritos II fase UFMT, clique aqui

ORIENTAÇÕES PARA A PROVA ESCRITA

1.0 A Prova Escrita será realizada somente na cidade de Cuiabá, no dia 23 de setembro de 2012 (domingo), das 08h00min as 13h00min (Horário de Cuiabá/MT). Local: Universidade Federal de Mato Grosso – Campus Universitário de Cuiabá – Av. Fernando Correa da Costa, Nº 2367, Bairro Boa Esperança, Cuiabá – MT.

2.0 O estabelecimento/sala onde o candidato realizará a prova será divulgado a partir de 19 de setembro de 2012, no endereço www.ufmt.br/vestibular e www.ufmt.br/fcm.

3.0 A duração da Prova é de 5 (cinco) horas, já incluído o tempo destinado ao preenchimento das Folhas de Respostas e à coleta de impressão digital. O horário de início da prova será definido em cada sala de aplicação, imediatamente após o encerramento da identificação formal dos candidatos, observado o tempo de duração estabelecido neste Edital.

4.0 O candidato deverá comparecer ao estabelecimento de aplicação para o qual foi designado com antecedência mínima de 1 (uma) hora do início da Prova, munido de original de documento oficial de identificação, contendo fotografia e assinatura e caneta esferográfica de tinta preta não porosa.

5.0 Para fins de realização da Prova Escrita, serão considerados documentos oficiais de identidade: carteiras ou cédulas de identidade expedidas pelos Comandos Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública, pelas Polícias Militares, pelos Corpos de Bombeiros Militares e pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (Ordens, Conselho etc); passaporte; certificado de reservista; carteiras funcionais do Ministério Público e Magistratura; carteiras expedidas por órgão público que, por Lei Federal, valem como identidade; carteira nacional de habilitação (somente o modelo com foto); Carteira de Trabalho e Previdência Social; Registro Nacional de Estrangeiro (RNE).

6.0 O documento oficial de identidade deverá ser original e estar em perfeitas condições, de forma a permitir, com clareza, a identificação do candidato e de sua assinatura. Não será aceita cópia de documento, ainda que autenticada, bem como protocolo de documento.

7.0 Caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar, no dia de realização da Prova Escrita, original de documento oficial de identidade por motivo de perda, roubo ou furto, deverá apresentar documento que ateste o registro da ocorrência em órgão policial, expedido há, no máximo, 30 (trinta) dias corridos, ocasião em que será submetido à identificação especial, compreendendo coleta de assinatura em formulário específico que venha a permitir sua identificação por meio grafotécnico, em caso de eventual necessidade.

8.0 O candidato que não apresentar original de documento oficial de identidade ou boletim de ocorrência policial, confirmando perda, furto ou roubo de seus documentos, não realizará a Prova Escrita.

9.0 Durante a Prova Escrita poderão permanecer sobre a carteira somente o Caderno de Prova, as Folhas de Respostas, caneta e documento de identidade.

  1. Por motivo de segurança e visando garantir a lisura e a idoneidade do Processo, serão adotados os procedimentos a seguir especificados:

a) não será permitido ao candidato entrar no estabelecimento de aplicação de Prova após o fechamento dos portões ou portando arma ou alcoolizado;

b) o candidato que estiver portando aparelho(s) eletrônico(s) (bip, telefone celular, relógio do tipo "calculadora", walkman, agenda eletrônica, notebook, palmtop, receptor, gravador, etc.) deverá, no ato do controle de ingresso à sala de prova, desligar o(s) aparelho(s), acondicioná-lo(s) em envelope apropriado, que deverá ser solicitado pelo candidato ao fiscal e, em seguida, deverá lacrar o envelope na presença do fiscal;

c) após o ingresso à sala de Prova, o candidato deverá depositar o envelope lacrado, referido na alínea anterior, sob sua cadeira, não podendo manipulá-lo até o término de sua Prova;

d) o lacre do envelope referido na alínea “b” só poderá ser rompido após o candidato ter deixado as dependências do estabelecimento de aplicação de Prova (na rua);

e) Após ingressar na sala de Prova, o candidato passará pelo processo de identificação formal, devendo apresentar original de documento oficial de identidade e assinar o Controle de Freqüência e as Folhas de Respostas;

f) após ser identificado e instalado na sala de prova, o candidato não poderá consultar ou manusear qualquer material de estudo ou de leitura enquanto aguardar o horário de início da Prova.

g) será vedado ao candidato prestar prova fora do local, data e horário pré-determinados pela CEV/UFMT. Tais informações estarão disponíveis, a partir de 19 de setembro de 2012, no endereço www.ufmt.br/vestibular. É de exclusiva responsabilidade do candidato a verificação dessas informações;

h) após ser identificado, nenhum candidato poderá retirar-se da sala de Prova sem autorização e acompanhamento da fiscalização;

i) não será permitido sob hipótese alguma, ainda que por questões de saúde, durante a aplicação de Prova, o retorno do candidato ao estabelecimento após ter-se ausentado do mesmo;

j) a CEV/UFMT poderá proceder, a qualquer momento, durante o horário de aplicação da Prova, à coleta da impressão digital de candidatos;

k) somente após decorridas duas horas do início da Prova, o candidato, depois de entregar seu Caderno de Prova e suas Folhas de Respostas, poderá retirar-se da sala de Prova. O candidato que insistir em sair da sala de Prova, descumprindo o aqui disposto, deverá assinar Termo de Ocorrência que será lavrado pelo Coordenador do estabelecimento;

l) será permitida a saída de candidato levando o Caderno de Prova somente após decorridas 4:30 h (quatro horas e trinta minutos) do início da prova.

m) após o término da Prova Escrita, o candidato deverá, obrigatoriamente, entregar ao fiscal de sala suas Folhas de Respostas e seu Caderno de Prova, ressalvado o disposto na alínea “l”;

  1. Será eliminado do Processo de Revalidação de Diploma Médico de 2012 o candidato que:

a) durante a realização da Prova, for surpreendido em comunicação com outro candidato ou pessoa não autorizada;

b) for surpreendido no interior do estabelecimento durante o horário de realização das Provas portando armas ou alcoolizado;

c) for surpreendido no interior do estabelecimento durante o horário de realização das Provas: portando, de forma diferente da estabelecida neste Edital, e/ou utilizando aparelho(s) eletrônico(s) (bip, telefone celular, relógio do tipo "calculadora", walkman, agenda eletrônica, notebook, palmtop, receptor, gravador, calculadora, máquina fotográfica, pager, etc); utilizando livros, códigos, impressos ou qualquer outra fonte de consulta;

d) mesmo tendo acondicionado e lacrado no envelope apropriado seu telefone celular, este aparelho emitir sons/ruídos durante o horário de realização da Prova;

e) fizer, em qualquer documento, declaração falsa ou inexata;

f) desrespeitar membro da equipe de fiscalização, assim como proceder de forma a perturbar a ordem e a tranqüilidade necessária à realização da Prova;

g) ausentar-se da sala de Prova sem justificativa ou sem autorização, após ter assinado o Controle de Freqüência, portando ou não as Folhas de Respostas e/ou o Caderno de Prova;

h) não devolver as Folhas de Respostas e/ou o Caderno de Prova, ressalvado o disposto na alínea “l” do subitem 9.12 deste Edital;

i) não atender às determinações do presente Edital e de seus Anexos;

j) quando, mesmo após a Prova, for constatado - por qualquer meio, como eletrônico, estatístico, visual ou grafológico - ter o candidato se utilizado de procedimentos para fraudar a prova.

  1. Não será permitido, sob hipótese alguma, o ingresso ou a permanência de pessoas estranhas ao processo no estabelecimento de aplicação da Prova, no dia da aplicação.

  2. A CEV/UFMT e seus membros de equipe de Coordenação / Fiscalização não assumirão a guarda de quaisquer objetos pertencentes aos candidatos, inclusive dos cadernos de Prova deixados pelos candidatos que não permanecerem na sala de prova durante o tempo estabelecido no subitem 9.12, alínea “l” deste Edital.

  3. O candidato que não realizar a Prova Escrita receberá nota zero na Prova.

  4. A divulgação do gabarito da Parte I – Questões Objetivas e do Caderno da Prova Escrita será feita até 24 horas após sua aplicação, no endereço www.ufmt.br/vestibular. A divulgação das respostas esperadas da Parte II – Questões Discursivas será feita no mesmo endereço eletrônico referido no dia 24 de outubro de 2012.

  5. O candidato poderá ter acesso ao seu desempenho na Prova Escrita a partir de 24 de outubro de 2012, na sede da CEV/UFMT – Campus Universitário de Cuiabá e no endereço eletrônico referido no subitem anterior.

Cuiabá, 10 de setembro de 2012.

Prof. Dr. Hélio Borba Moratelli

Presidente da CERD/FM/UFMT

EDITAL Nº.004/FM/2012

EDITAL DE RETIFICAÇÃO AO EDITAL Nº. 001/FM/2012, DE 08/02/2012

O DIRETOR DA FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO, no uso de suas atribuições legais, torna pública a retificação dos subitens elencados abaixo do Edital Nº 001/FM/2012, de 08 de fevereiro de 2012, que passam a ter as redações especificadas a seguir, permanecendo inalterados os demais itens e subitens e os Anexos do referido Edital.

a) Alteração do Procedimento de entrega pela Faculdade de Medicina dos processos dos candidatos da I Etapa:

No item 1.13, exclui-se o item do Calendário do Processo de Revalidação de Diploma 2012, que diz que partir de 08 de dezembro de 2012, é o início de prazo para a retirada dos processos dos candidatos que não obtiveram a equivalência curricular na Prova Escrita e que não conseguiram vagas de estágio. Os processos da I Etapa serão retirados pelos candidatos na data da Prova Escrita, dia 23/09/2012. 01 a 30 de Março Inscrição da I etapa – Entrega de Documentos

25 de Abril Divulgação de relação dos candidatos inscritos na I Etapa

18 de Julho Prazo para emissão dos pareceres

19 e 20 de Julho Prazo para recursos contra os pareceres da CERD

31 de Julho Divulgação da análise dos recursos

01 a 31 de Agosto Inscrição da II Etapa – Prova Escrita

10 de Setembro Divulgação da relação dos candidatos inscritos na II Etapa

19 de Setembro Divulgação dos locais de Prova (estabelecimento/sala)

23 de Setembro Data da Prova Escrita e Entrega do Processo da I Etapa

24 e 25 de setembro Prazo para recurso contra gabarito, formulação ou conteúdo de questão da Parte I – Questões Objetivas da Prova Escrita

10 de outubro Divulgação do resultado do recurso

24 de Outubro Desempenho na Prova Escrita

25 e 26 de Outubro Prazo para recurso contra as Questões Discursivas (respostas esperadas, formulação ou conteúdo de questão) e desempenho na Prova Escrita

12 de novembro Divulgação do resultado do recurso e Resultado Final

26 a 30 de Novembro Inscrição da III Etapa – Estágio Regulamentar

07 de Dezembro Divulgação da relação dos candidatos selecionados para a III Etapa

b) Alteração da Redação dos Seguintes Itens:

Item 1.8:

Onde-se lê:

1.8 Os candidatos que obtiverem a equivalência curricular no Processo de Revalidação de Diploma deverão encaminhar pessoalmente ou por meio de procurador, seu diploma original à Secretaria da Faculdade de Medicina/UFMT, para encaminhamento do registro do Diploma na CAE/STI. Passa a ter a seguinte redação:

1.8 Os candidatos que obtiverem a equivalência curricular no Processo de Revalidação de Diploma deverão encaminhar pessoalmente ou por meio de procurador, seu diploma original e o Processo contendo os documentos solicitados na I Etapa à Secretaria da Faculdade de Medicina/UFMT, para encaminhamento do registro do Diploma na CAE/STI.

Item 11.1:

Onde-se lê:

11.1 Os candidatos que obtiverem nota igual ou superior a 60 (sessenta) na Prova Escrita deverão entregar na Secretaria da FM o Diploma original. Passa a ter a seguinte redação:

11.1 Os candidatos que obtiverem nota igual ou superior a 60 (sessenta) na Prova Escrita deverão entregar na Secretaria da FM o Diploma original e os documentos exigidos na I Etapa (processo completo).

Item 11.2:

Onde-se lê:

11.2 Somente após a data prevista para a divulgação do resultado final os candidatos que obtiveram a equivalência curricular deverão entregar o documento mencionado no subitem anterior. O prazo para a entrega da documentação será de 90 (noventa dias) a contar da divulgação do resultado final.

Passa a ter a seguinte redação:

11.2 Somente após a data prevista para a divulgação do resultado final os candidatos que obtiveram a equivalência curricular deverão entregar os documentos mencionados no subitem anterior. O prazo para a entrega da documentação será de 90 (noventa dias) a contar da divulgação do resultado final.

Item 11.5:

Onde-se lê:

11.5 Os candidatos que não obtiverem a equivalência na Prova Escrita e que não conseguirem vaga de Estágio, terão seus pedidos de revalidação automaticamente indeferidos e deverão retirar obrigatoriamente, pessoalmente ou via procurador, os seus processos de inscrições da I Etapa, no prazo de 08 novembro de 2012 até 28 de fevereiro de 2013 na Secretaria da FM. A Faculdade de Medicina não se responsabiliza pelos documentos não retirados dentro deste prazo.

Passa a ter a seguinte redação:

11.5 Os candidatos que não obtiverem a equivalência na Prova Escrita e que não conseguirem vaga de Estágio, terão seus pedidos de revalidação automaticamente indeferidos.

Cuiabá – Mato Grosso, 10 de setembro de 2012.

Prof. Dr. Antônio José de Amorim

Diretor da Faculdade de Medicina/UFMT